top of page

Albânia Socialista 

Breve Resumo sobre a construção da Albânia Socialista

Lenin consagrou toda a sua vida à causa do proletariado, por ir diretamente aos textos de Marx e Engels, pode reconhecer a falência e o oportunismo da segunda internacional que abnegava o caráter revolucionário do Marxismo e travou uma constante batalha contra as diversas formas de oportunismo[1], com o objetivo de restaurar a verdadeira teoria e prática revolucionária do Marxismo. Combateu o economicismo, que defendia uma intepretação determinista e antimarxista, que limitava a prática revolucionária à luta por reformas dentro do aparato estatal burguês, acreditando que por meio dessas reinvindicações, o ploretariado poderia alcançar o poder politico e construir o socialismo pacificamente. Assim, através de um combate árduo contra correntes oportunistas, restaurou Lenin o que havia se perdido no Marxismo, sua práxis revolucionária.

Apoiando-se inteira e completamente nos princípios do marxismo, Lenin sintetizou a Teoria Marxista do Estado desenvolvida por Marx e Engels, destacando assim as relações de produção como relações de poder, como a ditadura de uma classe sobre a outra e o Estado como produto dessas relações, que é, portanto, instrumento da classe dominante para impor e assegurar seus interesses de classe[2]. Entendendo como funcionam essas relações, pode desenvolver teoria e a tática para à concretização da revolução proletária e a tomada de poder por essa classe que leva a sociedade da ditadura da burguesia à Ditadura do Proletariado.

Foi por meio de uma análise concreta do capitalismo, em sua nova fase Imperialista[3] e do desenvolvimento do capitalismo na Rússia[4] que Lenin pode desenvolver a Estratégia e Tática capaz de levar a revolução adiante. Stálin acerta quando diz que:

"O Leninismo é a teoria e a tática da revolução proletária em geral, a tática da ditadura do proletariado em particular."[5]

Por isso as teses de Lenin sempre foram fieis em sua aplicação na realidade, enquanto aqueles que o criticavam eram refutados pelos acontecimentos históricos.[6]

A contribuição que deu para o desenvolvimento da organização é imenso, Lenin compreendeu que a forma-partido de organização é central e decisiva para o processo revolucionário, seguindo um modelo organizacionais desenvolvido por ele( O Centralismo Democrático), que implica na liberdade plena para a critica, mas entendendo que ela deve ser feita nos limites do partido (na sua esfera interna), de modo a não desmoralizar o partido e garantir a unidade na ação (prática-politica). Os membros do partido, a vanguarda da classe - que está a frente da luta revolucionária por deter de uma consciência politica e ideológica elevada - se ocupam com o Trabalho Teórico e o Trabalho Prático, o primeiro consiste em estudar a teoria do ploretariado desenvolvendo uma síntese teórica da realidade capaz de compreender todos os antagonismos de classes de seu pais e uma tática funcional que direcione esse trabalho as necessidades da causa[7], e então,  direcionar esse trabalho (teórico) para o Trabalho Prático (a Ação Politica) divulgando essa síntese, por meio da Agitação e Propaganda à classe trabalhadora, de modo a elevar sua consciência politica e ideológica. Em resumo, no Trabalho Prático, a atividade da Vanguarda consiste em espalhar por meio de propaganda os ensinamentos do Socialismo Cientifico, denunciando a todo momento os antagonismos de classe. Junto a Propaganda, deve estar o trabalho de Agitação, que significa participar em todos as manifestações espontâneas da luta da classe operaria e misturar as atividades do partido (e sua estratégia) com as questões práticas do momento, usando essas raras oportunidades para difundir o socialismo Cientifico - por meio da propaganda - e se aproximar das massas de todas as formas possíveis, criando um vinculo e uma relação de confiança entre o Partido e a classe trabalhadora.[8]

Lenin não desconsidera as outras organizações da classe trabalhadora, mas entende que o partido (comunista), por ter em sua estratégia a superação do capitalismo e a construção do Comunismo, direcionando todo o seu Trabalho Teórico e Politico para o triunfo da revolução, é a organização mais avançada da classe, diferente dos sindicatos e movimentos de luta por reformas por exemplo, que se limitam a lutas dentro da legalidade burguesa, seja a disputa do salário e as condições de trabalho à reformas que não buscam destruir o capitalismo, mas 'aprimora-lo', E portanto é o partido a direção principal da revolução.

Ainda há muito o que se ver sobre o Leninismo, o tema é vasto, mas em uma análise final: "
com ele(Lenin), o marxismo torna-se politicamente operacional, o que explica porque, depois dele, converte-se em Marxismo-Leninismo."[9]

Ao final deste tópico, voce deve ser capaz de:
  • Entender sobre o método do Materialismo Histórico Dialético e conseguir aplica-lo para entender a realidade.
     
  •  Conhecer alguns conceitos fundamentais do Marxismo.
     
  • Conhecerá brevemente a história pessoal de Marx 
bottom of page